blogayra-do-mes-liberdade-capilar-capa

Se permita conhecer várias versões de você!

Já parou pra pensar o quanto o seu cabelo é importante? O quanto ele eleva sua autoestima? O quanto ele pode deixar lembranças profundas? O nosso cabelo conta uma história.
Cleidijane Reis

Cleidijane Reis

liberdade capilar vem junto com a coragem de mudança, ela vem da necessidade interna de florescer e do poder de usar o nosso cabelo da forma que a gente quiser.
Quando falamos sobre cabelos e suas texturas, nos deparamos com pessoas que querem ditar regras, associando a auto aceitação da textura do cabelo como uma obrigação de exibi-lo a todo momento.

Você já parou pra analisar, o quanto a opinião dos outros influenciam nas nossas escolhas?
Vemos muitos por aí criticando quem usa o cabelo colorido ou de várias formas, como se estivessem escondendo o cabelo natural.
Não podemos ignorar os impactos na construção da autoestima, porque cuidar do cabelo tem todo esse poder, ele pode elevar a sua autoestima e te fazer sentir a mulher mais linda do mundo, assim como pode ter o efeito contrário também.
Por isso, precisamos analisar movimentos impostos através de “padrões de aceitação” que causam cobrança e baixa autoestima.

Seguidoras me perguntam o que fazer quando se quer passar pela Transição Capilar, mas tem medo do que os outros vão falar ou pensar. Sabe qual a dica que dou para elas?!

Naturalmente você vai se ver e se sentir diferente, assim como as pessoas também vão te achar diferente no processo, pois com certeza seu cabelo vai mudar…
Por isso, permaneça firme na sua decisão e não se intimide por causa das pessoas. Em breve (acredite em mim), você vai estar amando essa sua nova versão!

Permita-se

O processo de amar cada detalhe e suas novas características é lento, e não queira esse amor imediato. Primeiramente você precisa desconhecer, tudo aquilo que já foi falado e ofensivo para você e seu cabelo.

Não se trata de imposição de moda e sim liberdade de sentir seus reais fios e ter opções de usá-los multiformemente,  por isso não tenha medo de passar pela transição e depois querer voltar a alisá-lo, está tudo bem, não se cobre tanto

Também não se deixe abalar ao ver seu cabelo volumoso e pensar no que os outros vão falar. Faça o melhor para você se sentir bem, tenha atitude, seja corajosa, mas que no final você tenha um cabelo SAUDÁVEL independente da forma que escolher usar ele.

Cabelo é liberdade, sim!

Ele diz muito sobre a nossa identidade. Além de nos renovar, é maravilhoso termos tantas possibilidades e podermos a cada dia ter a escolha de sermos o que quisermos.
Todo cabelo conta uma história, todo dia é uma página nova que pode ser escrita como quiser e preferir, em busca da nossa melhor versão, assim refletindo em nossa beleza exterior.

Quando aprendi a CUIDAR do meu cabelo, vi o quanto ele transmite de mim, da minha representatividade, me descobrir uma nova mulher e desejo que com minhas dicas todas vocês experimentem isso também.

Com os fios bagunçados ao acordar me sinto independente, livre;

Com eles soltos e leves me sinto segura;

Com coque me vejo responsável e pronta;

Com franja, romântica;

Com os cabelos presos me sinto ativa;

Com os fios naturais me encontro forte;

Com penteados me permito ser criativa.

Me encontro, me vejo de várias formas, aceitando a versatilidade e me sinto completamente EU.

Te encorajo a ser livre!

Livre para usar lace, usar box braid, pintar, passar pela transição, alisar, cortar, fazer curtain bangs ou testar vários penteados!!!

Porque cabelo também é sobre aceitação e empoderamento da beleza e NÃO… seu cabelo não precisa ser o mais definido, o mais uniforme, para você se incluir em algum padrão de liberdade, trazendo consigo várias frustrações por você não possuir esse tipo de textura “ideal”.
Não podemos sair de uma ditadura do “cabelo alisado” para entrar em uma outra do “cabelo natural perfeito”.
Assim como criticam o alisamento, também criticarão se ele estiver natural, por isso a importância de se sentir bem com seu cabelo e não deixar se levar pela opinião de outrem.
Lembre-se: ninguém tem o direito de apontar o que você tem que fazer ou não com seu cabelo.

Liberte-se dos padrões ligados à estética capilar, viva a melhor versão do seu cabelo e se permita escolher o que mais combina com você, cuidando para que ele permaneça saudável.
Exerça a sua liberdade diante do mundo, se ame e se conheça de todas as formas que você pode ser, mostre através do seu cabelo quem você é.

TRANSFORME-SE EM VOCÊ

Liberdade capilar é o anseio de encontrar novos sentidos, sorrisos e estímulos… porque é sobre sua autoestima.
É sobre você se dar uma chance… Seja livre pra escolher ter o seu cabelo da forma que te faz feliz, isso sim é empoderamento!

MUDAR É SER LIVRE!

INCENTIVO você a se redescobrir todos os dias e se precisar de uma ajudinha, estou à sua disposição!

Obrigada por ter lido até aqui e até a próxima. 😘

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

18 comentários em “Se permita conhecer várias versões de você!”

  1. Não me canso de ler essa matéria, simplesmente surreal! É tão bom se libertar das tarjas imposta pela sociedade e viver bem e feliz consigo mesmo que independente das opiniões alheias, temos a sensação de sermos livres quando escolhemos o nosso bem estar em primeiro lugar!!! ???

  2. Eu amei… Ler e saber sobre a sua visão capilar é revigorante pra mim. Não sei muito sobre cabelos, mas o pouco que eu sei aprendo com você Cleidijane, você é a minha musa inspiradora. E lendo esse texto percebi que tenho que cuidar mais do meu cabelo…
    Mais amei o texto fiquei muito feliz arrasou ??

    1. Fico feliz em ajudar e saiba que vocês me inspiram a continuar.. Olha eu descobrindo algumas verdades ?
      Obrigada por todo carinho!

  3. Que matéria incrível, parabéns!!!! Ao ler esta matéria me fez repensar o que meus cabelos tem transmitido qual imagem ele passa. Tenho cabelo ondulados, e vou falar esta sem vida faz um tempo, vive preso. Vou pegar suas dicas e encontrar minha liberdade, minha essência.

    1. Obrigada lindona, amo fazer vocês refletirem e rir também claro ? mas sim.. nosso cabelo, assim como as roupas falam muito sobre nós e como esta sendo nosso dia.. Nunca é tarde para nos reencontrar!

  4. Tatiane Oliveira

    Que perfeita eu amei tudo o que li,eu sempre falo sobre essa liberdade que eu amo ,sou cacheada já alisei o meu cabelo, amo ele das duas formas eu não me cobro por isso, foi enriquecedor ler tudo isso ,parabéns cleidijane Reis ??

    1. Fica linda mesmo, sua curvatura é muito bonita, AMO e aprendo muito contigo também..

  5. Ótima mensagem de reflexão e encorajamento.
    O cabelo é muito importante na auto estima da mulher, seja ele do jeito que for.
    E a aceitação, como como foi citado , não tem que vir de meios externos e sim de nós mesmas.
    Eu gosto muito de uma música publicitária da Natura que diz ” oh cabelo, cabelo meu se você não fosse meu, não seria tão eu.”

    1. Que comentário mais lindo Lais e é verdade o cabelo reflete muito a nossa personalidade e quando amadurecemos, as vezes até precisamos mudar o cabelo para nos encontrar naquela nova fase, simplesmente obrigada!

  6. Texto extremamente necessário, pois com o bombardeio que as mídias sociais nos impõem, é muito fácil cair na armadilha da comparação, que nos leva ao sentimento de inferioridade.
    Amei seu jeito leve e acertivo ao abordar o assunto. Arrasou???
    Já quero o próximo?

    1. Vocês que arrasam na colocação, fico feliz que gostaram do tema.. amei escrever sobre também ?

  7. Deu gatilho escrever essa matéria e agora já estou tomando coragem pra fazer alguma “arte” no cabelo rs.
    Foi muito prazeroso escrever esse lindo texto e saber que vai ajudar alguém é melhor ainda, o quanto queria ter lido algo assim na época que o cabelo alisado era dito como o único bonito.
    O meu cabelo me fez se transformar a mulher que sou hoje, devo muito a ele, meus cachinhos me definem e são perfeitos pra mim s2

Comentários encerrados.

Veja mais

Deixe sua mensagem

%d blogueiros gostam disto: